Início Cinfães Armando Mourisco nega acusações e afirma que ligação entre Nespereira e Espiunca...

Armando Mourisco nega acusações e afirma que ligação entre Nespereira e Espiunca está prevista

COMPARTILHAR
O presidente da CM de Cinfães, Armando Mourisco

O Jornal Paivense tornou pública as denúncias feitas por deputados municipais do PSD Cinfães, que apresentaram moção de urgência na Assembléia Municipal para a requalificação de um acesso entre a Espiunca e Nespereira, via margem do Rio Ardena, considerando essa obra como prioritária.

Hoje (3), presidente da CM de Cinfães, Armando Mourisco, reagiu às acusações através das redes sociais e se posicionou quanto a demanda da população de Nespereira, que pede pela construção como forma de incremento ao comércio e turismo local.

Mourisco afirmou que: “O PSD apresenta um comunicado em que refere que a ‘Maioria socialista chumba proposta do PSD para construção de ligação entre os Passadiços do Paiva e Nespereira’. FALSO! Os deputados do PS não chumbaram a proposta de construção pois ela encontra-se inscrita no PPI, incluída lá pelo PS, aprovada pela maioria socialista e não pelo PSD, que sempre se absteve. O que os deputados do PS fizeram foi chumbar a brincadeira e irresponsabilidade, o desconhecimento das necessidades do concelho, o desconhecimento da legislação e das regras de contratação pública quando propõem caracter de urgência e prioridade na obra. Se assim fosse teríamos todos os cidadãos, todas as freguesias a apresentarem moções e então o concelho seria governado por moções e vontades”.

Abaixo, segue comunicado do presidente sobre a questão:

AS BRINCADEIRAS E IRRESPONSABILIDADES DO PSD CINFÃES

Na última Assembleia Municipal de Cinfães, realizada a 28/06, o PSD apresentou uma moção relativa á requalificação de um acesso entre a Espiunca e Nespereira, via margem do Rio Ardena, considerando essa obra como prioritária e propondo de imediato o início do processo para concretização da obra.

Informei então os deputados municipais de tudo quanto foi feito no sentido de futuramente ser concretizada a obra.

Não é meu hábito reagir a comunicados, muito menos nas redes sociais, que naturalmente, dão sempre discussões apaixonadas sobre as razões. Só o faço porque existe um limite de tolerância para irresponsabilidades e brincadeiras, situação que os elementos afetos ao PSD tem usado e abusado. 

1. Não compreendemos que só agora e a reboque de algumas situações, o PSD se lembre da urgência, prioridade e importância desta obra, uma vez que a mesma foi inscrita por nós em concordância com a Freguesia de Nespereira no plano plurianual de investimentos no Orçamento de 2017, com ajustamentos temporais em 2018 e 2019. Reforça-se ainda que em todos os orçamentos, onde esta obra e outras estiveram inscritas o PSD se tenha manifestado pela abstenção, dizendo que essas não eram as suas prioridades.
2. Então porque só agora os eleitos pelo PSD se lembraram disso? Porque não votaram a favor em Dezembro aquando da aprovação do Plano Plurianual de Investimentos (PPI)? Porque não propuseram e consideraram nessa altura a prioridade? A que querem agradar e satisfazer agora?
3. A reboque e com algum empolgamento, trouxeram à Assembleia Municipal uma moção considerando a mesma prioritária e urgente. Agora perguntamos: Conhecem a obra? Já alguma vez realizaram o troço? Já alguma vez questionaram a sua viabilidade? Já apresentaram propostas concretas? Já perceberam o grau de dificuldade? Sabem se os proprietários estão disponíveis? Sabem que para as funções a que se propuseram, mesmo não sendo das áreas é importante questionar, estudar e apresentar coisas concretas? Será que respondidas estas perguntas a moção seria a mesma?
Mais uma vez a irresponsabilidade bem presente, em quem foi eleito.
4. Hoje para o PSD, esta é uma obra urgente e prioritária. Amanhã acreditamos que será outra, mais uma vez a reboque. Sabem por acaso os eleitos do PSD que este concelho tem mais de 400 Km de estradas municipais? Quais os acessos em falta em cada uma das 14 freguesias? Quais as que estão em falta, mesmo na freguesia de Nespereira? Pelos vistos não, pois temos a consciência de que se conhecessem as dificuldades não estariam a embarcar nesta irresponsabilidade e brincadeira. 5. Ainda sobre as funções para as quais fomos eleitos: Conhecem os procedimentos legais necessários, a lei dos compromissos, a necessidade de pareceres, a responsabilidade financeira, limitação orçamental, redução de verbas e responsabilidade democrática? Conhecem as necessidades do concelho? Pelos vistos não e mostram claramente como trabalhariam se fossem poder: apenas para alguns e não para todos.
6. O PSD apresenta um comunicado em que refere: “Maioria socialista chumba proposta do PSD para construção de ligação entre os Passadiços do Paiva e Nespereira”. FALSO! Os deputados do PS não chumbaram a proposta de construção pois ela encontra-se inscrita no PPI, incluída lá pelo PS, aprovada pela maioria socialista e não pelo PSD, que sempre se absteve. O que os deputados do PS fizeram foi chumbar a brincadeira e irresponsabilidade, o desconhecimento das necessidades do concelho, o desconhecimento da legislação e das regras de contratação pública quando propõem caracter de urgência e prioridade na obra. Se assim fosse teríamos todos os cidadãos, todas as freguesias a apresentarem moções e então o concelho seria governado por moções e vontades. 
7. Após as diversas explicações que dei na assembleia municipal, deixei a vontade expressa da Câmara na execução da obra, a seu devido tempo, depois de concretizadas as regras necessárias que se estão a desenvolver, a aprovação de projetos e cadernos de encargos, a aquisição dos terrenos necessários e o devido compromisso financeiro. É essa a minha vontade e a dos eleitos do PS, na Câmara, na assembleia e na junta de freguesia. É essa a vontade dos que inscrevemos a obra em PPI, o qual o PSD não votou a favor, dizendo que tinham outras prioridades
8. Nunca nos deixaremos condicionar por abaixo assinados, moções e pressões! Tem sido essa a nossa conduta ao longo de seis anos, em que o que prometemos, cumprimos, em que a responsabilidade financeira se sobrepõe muitas vezes a todas as nossas vontades de fazer tudo em todo o lado, em que a opção pelas necessidades aliada à visão de um concelho com mais qualidade, em que a união sem intrigas do concelho se torna num desígnio de continuar a crescer juntos e com todos!
9. Continuaremos com o rigor orçamental, financeiro e de execução como até aqui. Queremos as contas em dia, sem sobressaltos e comprometimentos do futuro. A 30 de junho corrente a Câmara Municipal de Cinfães tem todos os seus pagamentos e obrigações em dia, podendo olhar para a frente com confiança, com a certeza de continuar a fazer pela sua terra e pelas suas gentes. Poucos se poderão gabar do mesmo!
POR CINFÃES, POR TODOS!”- Armando Mourisco

O presidente não informou no comunicado quando a estrada será requalificada, mas limitou-se a dizer que o orçamento aprovado contempla a obra.

O presidente da Junta de Freguesia de Nespereira, Mário Durval Pinto Leitão, também desmentiu as acusações do PSD pelas redes sociais, consoante com as afirmações do presidente da CM e referiu que a obra está prevista, mas também não falou sobre prazos e previsões de realização.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

3 × four =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.