Início Coronavírus Professores portugueses foram agredidos em Timor acusados de terem levado a COVID-19...

Professores portugueses foram agredidos em Timor acusados de terem levado a COVID-19 para aquele país

Professores portugueses em Timor-Leste foram agredidos e ameaçados na cidade de Baucau. Os educadores são acusados por alguns residentes de serem os responsáveis de terem levado a covid-19 para aquele país. Por este motivo, 10 dos 12 professores refugiados já pediram ao Ministério dos Negócios Estrangeiros português o repatriamento urgente.

No sábado, um timorense entrou na casa dos professores, tendo agredido uma professora, uma outra foi também alvo de uma tentativa de agressão quando se deslocava num transporte público em Baucau e foram também atiradas pedras à casa onde viviam. Há também relatos de agressões verbais, com os portugueses a serem apelidados de “coronas” nas ruas.

Nenhum dos professores está ferido, mas o grupo está muito apreensivo com a situação e a única coisa que a maioria quer é ser repatriada para Portugal o mais rapidamente possível.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

fifteen + seventeen =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.