Os 11 autarcas da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM do Tâmega e Sousa) reuniram esta tarde, dia 16, com a Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, com o Secretário de Estado Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Carlos Miguel, com a Secretária de Estado da Valorização do Interior, Isabel Ferreira, com o Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N), Fernando Freire de Sousa, e com os vogais da Autoridade de Gestão do Norte 2020.

A reunião decorreu na sede da CIM do Tâmega e Sousa, em Penafiel, e teve por objetivo avaliar a execução dos investimentos comunitários que têm vindo a ser realizados no território, nomeadamente no âmbito do Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial (PDCT) do Tâmega e Sousa e das estratégias locais de regeneração urbana – Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) e Plano de Ação de Regeneração Urbana (PARU).

Na sessão foi também abordada a reprogramação em curso dos fundos europeus com vista a dar resposta à situação epidemiológica provocada pela pandemia de COVID-19 e ao seu impacto social e económico, tendo os autarcas identificado as principais prioridades, bem como apontado algumas soluções para criar sinergias e, em conjunto, acelerar a execução dos fundos europeus destinados à região.

Os autarcas aproveitaram também o encontro para apresentar alguns contributos para o próximo quadro comunitário, tendo solicitado à Ministra uma especial atenção à melhoria da mobilidade e da acessibilidade da região, com destaque para a importância da execução da Linha do Vale do Sousa, mas também à necessidade de tornar este território mais competitiva através da instalação, no Tâmega e Sousa, de uma unidade industrial de referência internacional.

No final, ficou o compromisso de agendamento de uma nova reunião para efetuar um balanço dos investimentos decorrentes da reprogramação em curso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

eleven − 7 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.