A Entidade Regional do Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP) e a Associação de Turismo do Porto (ATP) lançam esta manhã, dia 8 de julho, com a presença da Secretária de Estado do Turismo, uma campanha de promoção da região do Porto e Norte de Portugal e que tem como destinatários, numa primeira fase, os turistas nacionais.

Lá em cima” é o lema desta campanha que pretende levar os portugueses a redescobrir o que de melhor o território tem para oferecer no Porto, no Minho, no Douro e em Trás-os-Montes.

storytelling que arranca com o claim “Lá em Cima” leva-nos a uma viagem emocionalque percorre os principais valores do Norte. Enaltece-se a experiênciaao indicar que os sabores, as sensações, as ondas, o silêncio e tantas outras emoções racionais estão lá em cima, no topo!

Os objetivos passam por potenciar o Porto e Norte como destino turístico entre os portugueses, potenciar o consumo turístico do destino, descobrir insights a ativar no futuro e conhecer o perfil do turista que visita a região. 

A campanha vai incidir, numa primeira fase, no mercado interno, procurando potenciar o destino junto dos turistas nacionais, apresentando ofertas em áreas como as ‘City & Short Breaks’, o ‘Turismo de Gastronomia e Vinhos’, de ‘Natureza’, ou de ‘Saúde e Bem Estar’, o ‘Religioso’, o ‘Cultural e Paisagístico’, ou o ‘Turismo Náutico’, entre outros.

Apresentando como atrativo adicional, e muito valorizado pelos turistas perante a pandemia da COVID-19, o facto de a região do Porto e Norte ser aquela que tem mais selos Clean & Safe atribuídos aos empreendimentos turísticos e aos estabelecimentos de restauração. Para atrair os turistas nacionais a campanha será multimeios, que conta com um vídeo longo e outros de versões mais curtas. Tendo uma forte aposta no digital com micro segmentação configurada pelas características do próprio destino e research prévio. Serão os insights que vão permitir desenvolver os temas mais eficazes, segmentados por regiões, serviços ou experiências personalizadas, de acordo com diferentes critérios.

Destaca-se a página onortelaemcima.pt onde os utilizadores podem entrar em contacto com um live chat para receberem, em tempo real e de forma personalizada, sugestões sobre o seu destino ou atividades, e inclusive reservar experiências turísticas no destino.

“O Porto e Norte têm uma gastronomia única, locais de excelência e paisagens arrebatadoras que merecem ser conhecidas pelos portugueses”, refere Luís Pedro Martins, presidente da TPNP. Para este responsável, “depois de um tempo de confinamento e numa altura em que ainda existem muitas restrições às viagens internacionais, este é o momento para os portugueses partirem à descoberta do que de melhor o nosso país tem para desfrutar”.

Ricardo Valente, presidente da ATP, recorda que “a região é muito mais do que o Porto e o Douro. Há locais deslumbrantes para visitar no Minho ou em Trás-os-Montes, praias de excelência distinguidas pela Associação Bandeira Azul da Europa”. “Destinos a duas, três horas de viagem, com a excelência do bem receber das gentes do Norte e a essência do seu dedo mágico na gastronomia”.

Luís Pedro Martins, presidente da TPNP

A aposta seguinte desta campanha de promoção, que vai assentar em suportes digitais para assim chegar a mais públicos, passa pela atração do mercado espanhol. “Temos um mercado enorme mesmo aqui ao lado, num país que ainda está a sofrer muito com a pandemia de COVID-19, e que pode ter em Portugal um destino privilegiado”, salienta Ricardo Valente.

Luís Pedro Martins acrescenta ainda que a aposta no mercado espanhol é uma “opção natural e irá continuar a aproveitar as sinergias e os laços já existentes com a Galiza e Castela e Leão”. “Temos destinos que já são muito procurados pelos turistas dos dois lados da fronteira, só temos de aproveitar estas mais-valias para apresentar a quem coloca o nosso País na lista de opções para viajar nestas férias”, frisa o presidente da TPNP.

Numa terceira fase, e com a crescente reposição das ligações áreas e da abertura das fronteiras na Europa, a TPNP e a ATP pretendem apostar na promoção internacional da região que tinha no Brasil, EUA, Alemanha e Reino Unido, além de Espanha, alguns dos principais mercados emissores de turistas, bem como alguns mercados asiáticos que chegavam à região através das rotas da Emirates.

Com esta aposta, aliada ao trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pela TPNP e pela ATP, Luís Pedro Martins e Ricardo Valente estão convictos que será possível recuperar algumas das avultadas perdas sofridas pelo Turismo no primeiro semestre deste ano.

“Não sendo possível inverter as perdas estimadas para 2020 perante o cenário de crise sanitária, estamos, no entanto, convictos que com esta campanha de promoção será possível atenuar as perdas”, explicam os referidos responsáveis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

five × 4 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.