Portugal registou hoje a primeira morte de uma criança por causa da covid-19. A bebé tinha quatro meses, anunciou a ministra da Saúde, Marta Temido, na conferência de imprensa.

Está é o primeiro óbito registado nessa faixa etária e é a vítima mais jovem registada desde Março.

Segundo as informações de Marta Temido, que falava na conferência de imprensa de actualização dos números da pandemia em Portugal, a bebé tinha covid-19 e mas também tinha outras “condições associadas” e estava internada no Hospital Dona Estefânia, no Centro Hospitalar de Lisboa Central.

A directora-geral da Saúde, Graça Freitas, também em conferência, esclareceu que a menina contraiu a covid-19 por “transmissão familiar”, ou seja, “através dos seus conviventes” e tinha uma patologia de base “muito grave”.

“Nasceu com cardiopatia congénita bastante grave e a situação da covid[-19] levou ao agravamento desta patologia e ao aparecimento de uma consequência cardíaca descrita como miocardite​”, disse Graça Freitas.

A causa do óbito foi “choque séptico”, acrescentou, mas o “óbito foi dado como [causado pela] covid-19” pela codificadora da Direcção-Geral “mais reputada, com formação dada pela Organização Mundial de Saúde”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

two × five =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.