Um sismo de magnitude 4,6 na escala de Richter abalou esta manhã a região Centro e Norte do país, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

A ocorrência foi registada às 07:12 da manhã desta terça-feira, e o o epicentro localizou-se a 130 quilómetros a Noroeste de Peniche, de acordo com o IPMA.

Fonte dos Sapadores Bombeiros de Vila Nova de Gaia disse à agência Lusa que os Sapadores receberam “bastante chamadas devido à curiosidade das pessoas”, mas que não há registo de danos.

Ouvidos pela Lusa, alguns habitantes das cidades do Porto e de Matosinhos disseram ter sentido o tremor que fez “abanar alguns objetos em casa”.

Também o Comando Distrital de Operação de Socorro e os Sapadores do Porto disse que, embora o sismo se tenha sentido, não houve nada de relevante a registar no distrito.

O Centro Sismológico Euro-Mediterrânico publicou um mapa da ocorrência no Twitter.

O sismo “não causou danos pessoais ou materiais e foi sentido com intensidade máxima III (escala de Mercalli modificada) na região de Santa Maria da Feira”.

Na escala de Mercalli, o nível III é de um efeito “Fraco”, correspondendo a um abalo que é: “sentido dentro de casa, em qaue os objetos pendentes baloiçam. A vibração é semelhante à provocada pela passagem de veículos pesados. É possível estimar a duração mas não pode ser reconhecido com um sismo”, de acordo com explicação do IPMA.

Os sismos são classificados segundo a sua magnitude como micro (menos de 2,0), muito pequeno (2,0-2,9), pequeno (3,0-3,9), ligeiro (4,0-4,9), moderado (5,0-5,9), forte (6,0-6,9), grande (7,0-7,9), importante (8,0-8,9), excecional (9,0-9,9) e extremo (superior a 10).

Escala de Richter

DESIGNAÇÃO MAGNITUDE EFEITOS POSSÍVEIS QUANTIDADE
Micro < 2,0 Micro tremor de terra, não se sente. ~ 8000 por dia
Muito pequeno 2,0-2,9 Geralmente não se sente, mas é detectado/registado. +/-1000 por dia
Pequeno 3,0-3,9 Frequentemente sentido, mas raramente causa danos. +/-49000 por ano
Ligeiro 4,0-4,9 Tremor notório de objectos no interior de habitações, ruídos de choque entre objectos. Danos importantes pouco comuns. +/- 6200 por ano
Moderado 5,0-5,9 Pode causar danos maiores em edifícios mal concebidos em zonas restritas. Provoca danos ligeiros nos edifícios bem construídos. +/- 800 por ano
Forte 6,0-6,9 Pode ser destruidor em zonas num raio de até 180 quilómetros em áreas habitadas. +/- 120 por ano
Grande 7,0-7,9 Pode provocar danos graves em zonas mais vastas. +/- 18 por ano
Importante 8,0-8,9 Pode causar danos sérios em zonas num raio de centenas de quilómetros. +/- 1 por ano
Excepcional 9,0-9,9 Devasta zonas num raio de milhares de quilómetros. ~ 1 em 20 anos
Extremo > 10,0 Nunca foi registado x

Fonte: Apolo11.com

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

19 + ten =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.