Início País Ex-presidente do BPP condenado a cinco anos de prisão

Ex-presidente do BPP condenado a cinco anos de prisão

COMPARTILHAR

Tiago Petinga / Lusa

O ex-Presidente do BPP, João Rendeiro

O antigo presidente Banco Privado Português (BPP) João Rendeiro foi esta segunda-feira condenado a cinco anos de prisão por falsidade informática e falsificação de documentos. O fundador do banco poderá ver a pena ser suspensa caso pague 400 mil euros à associação Crescer.

O ex-administrador do BPP Paulo Guichard foi, por sua vez condenado a quatro anos e três meses suspensa na sua execução se pagar 25 mil euros à associação Os Anjos, também por falsificação de documentos e falsidade informática.

Tal como nota o Observador, a condenação ocorre mais de quatro anos após a acusação e depois de vários adiamentos da decisão. João Rendeiro, não esteve presença da leitura do acórdão, não tendo, até agora indicado o motivo.

O colapso do BPP, banco vocacionado para a gestão de fortunas, verificou-se em 2010, já depois do caso BPN e antecedendo outros escândalos na banca portuguesa.

O BPP originou ainda outros processos judiciais, um por suspeitas de burla qualificada e outro relacionado com multas aplicadas pelas autoridades de supervisão bancárias.

Nas alegações finais do processo, em meados de janeiro deste ano, o Ministério Público pediu pena de prisão entre sete a nove anos para João Rendeiro.

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

four × 2 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.