Início País Descida para a classe 1 nas portagens exige validação da Via Verde

Descida para a classe 1 nas portagens exige validação da Via Verde

COMPARTILHAR

A mudança da classificação dos veículos para efeitos de pagamento de portagens, que vai abranger mais modelos na classe 1, entra em vigor no início de 2019, mas o processo de alteração não será automático.

De acordo com o Jornal de Negócios, que avança a notícia nesta quinta-feira, a aplicação do desconto irá exigir a verificação e validação por parte da Via Verde.

Os clientes Via Verde terão de enviar à empresa o documento único automóvel que comprove o seu acesso ao desconto, tendo a empresa de confirmar que consta da lista do IMT para ativar a alteração da classificação, escreve o diário.

Neste momento, este processo está dependente da informação que os fabricantes automóveis têm de enviar ao Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT), que, por sua vez, tem de publicar as listas com as homologações, recorda o Negócios.

Segundo o secretário-geral da Associação Automóvel de Portugal, Hélder Pedro, as marcas começaram já a enviar ao IMT a indicação dos modelos de veículos por si fabricados ou importados cujas características cumprem os requisitos definidos – terem um peso bruto inferior a 2.300 quilos, uma altura ao primeiro eixo entre 1,10 e 1,30 metros e que cumpram a norma ambiental Euro 6 relativa às emissões automóveis.

O diploma, que entra em vigor a 1 de janeiro do próximo ano, visa, segundo o Governo, reconhecer “um desajustamento no sistema de classificação de veículos” para efeitos de portagem em Portugal.

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

eighteen − 15 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.