Início País Diplomata envolvido em escândalo sexual com espião palestiniano afastado do cargo

Diplomata envolvido em escândalo sexual com espião palestiniano afastado do cargo

COMPARTILHAR

partidosocialista / Flickr

Augusto Santos Silva, ministro dos Negócios Estrangeiros

O chefe da missão diplomática portuguesa em Ramallah, na Palestina, foi exonerado do cargo e está a ser alvo de um inquérito disciplinar, depois de ter sido apanhado em actos sexuais “impróprios” com um presumível espião dos Serviços Secretos palestinianos.

Rui Baceira, que foi nomeado em 2017 como chefe da missão diplomática portuguesa em Ramallah, foi afastado do cargo no seguimento do envolvimento num escândalo sexual, como reporta o Correio da Manhã (CM).

O jornal refere que as câmaras de vídeo-vigilância das instalações da representação diplomática portuguesa em Ramallah captaram, em Julho passado, o diplomata a praticar “actos sexuais considerados impróprios” com um elemento da segurança que é suspeito de ser um espião dos Serviços de Informações da Autoridade Nacional Palestiniana.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) abriu já um inquérito disciplinar a Rui Baceira e propôs a sua exoneração do cargo, considerando que “deixou de ter condições para assegurar a representação do Estado português”, como cita o CM.

O Presidente da República já aceitou a exoneração que foi publicada em Diário da Repúblico num decreto de 4 de Dezembro passado.

“Logo que teve conhecimento de indícios sobre a eventual prática de actos impróprios por parte de um diplomata português, decidiu instaurar um inquérito disciplinar destinado, naturalmente, a apurar factos e responsabilidades“, frisa ainda o MNE.

O Ministério acrescenta que está a avaliar se houve “eventuais quebras de segurança” no seguimento do caso.

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

5 × 1 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.