Início Ambiente Paquete Funchal vendido por 3,9 milhões para ser Hotel tem amianto perigoso

Paquete Funchal vendido por 3,9 milhões para ser Hotel tem amianto perigoso

COMPARTILHAR

O mítico Paquete Funchal, que foi vendido em leilão por 3,9 milhões de euros para ser transformado num hotel em Londres, tem 100 toneladas de amianto perigoso que é preciso retirar, alerta a Associação ambientalista Quercus.

O paquete foi vendido num leilão, no passado dia 5 de Dezembro, por 3,9 milhões de euros à empresa britânica Signature Living que tem sede em Liverpool. A ideia da empresa será levá-lo para Londres, onde será transformado num hotel.

Mas a Quercus alerta que o paquete tem 100 toneladas de “amianto friável (altamente degradado)”, como reporta a TSF. A navegação do barco pode levar à libertação de partículas perigosas.

Assim, a Quercus quer saber como é que o problema vai ser resolvido.

O paquete deverá agora ou ser rebocado até Londres, ou sofrer obras em Lisboa, onde se encontra atracado, antes de rumar a terras britânicas.

“Ao ser rebocado, nós temos de ter garantias de que as autoridades marítimas inglesas vão receber este barco e que a remoção do amianto vai ser possível em Inglaterra”, explica na TSF a responsável pelo SOS Amianto, da Quercus, Carmen Lima.

“Caso as autoridades marítimas inglesas não autorizem a recepção deste barco com a presença de amianto, então tem de ser assegurada a remoção do amianto aqui em Portugal”, acrescenta Carmen Lima.

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

5 × one =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.