Logo paivense
Logo paivense

Poema: “Gosto de ouvir a chuva”

Foto Facebook

Gosto de ouvir a chuva…
Bater no vidro da janela…
Como se quisesse entrar…
De rompante e sem licença…
Não sei se tráz noticias tuas…
Se passou por onde estás…
Ou é apenas algo que o tempo faz…
Refresca-me a mente… e…
Aviva-me os sentidos…
Trazendo me à memória…
Sonhos vividos…emoções…
Que florescem dentro de mim…
Como se o dia quisesse ser amanhã…
E me envolvesse entre o medo e a razão…
O amor delineado ou apenas a paixão…
A eloquência do momento… ou…
A certeza de te amar em solidão…
Sem mostrar e sem aclamar ao mundo…
O nosso amor…a nossa união…
Gosto de ouvir a chuva…
Bater no portão…e deixo-a entrar…
Porque sempre que vem e fica…
Enche-me o coração…

Carla Matos – Vila Nova de Gaia


Em crónicas e poemas – Espaço livre para publicações de crónicas e poemas. Os textos não são editados nem alterados.