Início Castelo de Paiva Entrevista: Castelo de Paiva vai receber a reunião magna da Juventude Social...

Entrevista: Castelo de Paiva vai receber a reunião magna da Juventude Social Democrata

Liliana Vieira, JSD

Castelo de Paiva vai receber no próximo sábado, dia 24, a reunião magna da Juventude Social Democrata.

O jornal Paivense foi conversar com Liliana Vieira, da JSD de Castelo de Paiva que explicou em que consiste este evento que já há muito não se realizava em Castelo de Paiva.

Entrevista

EM QUE CONSISTE A REUNIÃO MAGNA?

O Conselho Distrital, é um órgão que reúne normalmente, trimestralmente, com o intuito de avaliar o trabalho político da Comissão Política Distrital da JSD e opinar|aconselhar este órgão com novos projetos, opiniões, críticas construtivas, etc.
É também um momento em que, todo o distrito se reúne para definir novas formas de atuação e discussão de problemas vigentes no distrito.

PORQUÊ QUE ESTÁ A DECORRER EM CASTELO DE PAIVA?

Este tipo de reuniões, são sempre descentralizadas, ou seja, o intuito é que sejam realizadas ao longo dos mandatos, nos 19 Concelhos do Distrito de forma a que os Conselheiros e membros das JSD Concelhias, possam ter a oportunidade de conhecer os concelhos que compõem o Distrito de Aveiro.

Decorre em Castelo de Paiva, por essencialmente 2 motivos:

1- Por ser descentralizada, o Concelho selecionado para a reunião deste ano foi Castelo de Paiva;
2- Fruto também das boas relações que a JSD de Castelo de Paiva tem com os órgãos distritais e pelo trabalho que a concelhia desempenha com o Distrito, os representantes decidiram reunir –se em Castelo de Paiva

QUE TIPO DE ASSUNTOS SE TRATA NESTAS REUNIÕES?

Indo de encontro um pouco ao que já respondi na 1ª pergunta, tratamos de assuntos relacionados com o Distrito em geral e em particular de assuntos próprios de cada concelhia.
Podem ser definidos planos de atuação conjuntos os individuais, se o tema em si assim o exigir.

Exemplo: Temas que queremos ver debatidos pelos representantes da JSD Distrital na Assembleia da República (estou a lembrar – me da bandeira da Emancipação para os 16 anos) ou de assuntos particulares de cada concelhia, ( por exemplo, ao nível da educação, problemas relacionados com as escolas, os órgãos distritais podem realizar reuniões com direções de agrupamentos para se inteirarem dos assuntos).

COMO DECIDIRAM QUE O EVENTO IRIA REALIZAR-SE AQUI? COMO FOI TOMADA A DECISÃO E POR QUEM?

A decisão pode ser tomada pelos órgãos Distritais (mesa do Conselho Distrital) ou a própria Concelhia transmite a vontade de acolher o evento, estabelecendo assim o Convite.

Tomei a liberdade, em nome da estrutura que presido de convidar a Mesa do Conselho, para realizar a reunião em Castelo de Paiva.
Começamos as negociações no inicio de Jan e verificadas as condições, foi decidido a realização da reunião no nosso Concelho.

HÁ QUANTO TEMPO NÃO ACONTECIA UMA REUNIÃO DESTA ENVERGADURA AQUI NO CONCELHO?

Bem, não sei precisar a data da última reunião desta envergadura que tenha acontecido em Castelo de Paiva contudo, desde que sou presidente da JSD, desde 2014, que não recebíamos um Conselho Distrital.
Os presidentes que me antecederam também acolheram atividades desta envergadura, algumas até mais no domínio de team Building.

Já diz o ditado, que quem espera sempre alcança e portanto, este sábado seremos os anfitriões com uma particularidade, este será um Conselho Distrital ainda mais especial uma vez que, o atual presidente da distrital de Aveiro, oficializa ao Distrito, a sua candidatura aos órgãos Nacionais da JSD.

É motivo de satisfação e orgulho para a JSD de Castelo de Paiva receber um Conselho Distrital com esta importância. É um momento muito importante para o Distrito ter um cabeça de lista de Aveiro, aos órgãos Nacionais.

QUEM VAI MARCAR PRESENÇA NO EVENTO?

Marcam presença na reunião, cerca de uma centena de jovens oriundos dos 19 concelhos,
Na qualidade de conselheiros e depois naturalmente, os órgãos distritais da JSD ( Mesa do Congresso, Comissão Política Distrital).

Estarão presentes também, elementos da Comissão Política do PSD de Castelo de Paiva, para se juntarem aos trabalhos e naturalmente dar as boas vindas a todos os jovens social Democratas do distrito.

É FECHADO À COMUNIDADE?

Sim, é um evento de cariz político. Apenas reservado aos convocados para tal.

QUE IMPORTÂNCIA TEM EVENTOS COMO ESTES RELACIONADOS COM O PSD PARA O MUNICÍPIO?

São sempre eventos importantes, tanto ao nível da JSD como do PSD.
É importante convidarmos concelhos do distrito para conhecerem o nosso concelho, podermos mostrar as nossas potencialidades,
Destes eventos resultam muitas vezes, motivos de trabalho entre PSD e JSD que podem ser do domínio local ou distrital.

São dois órgãos que trabalham muitas vezes em conjunto e por isso, só podem ser aspetos e motivos mais do que positivos para o desenvolvimento do trabalho político a que as estruturas se predispõem a fazer.
O PSD ajuda muitas vezes a JSD, na concretização dos seus projetos e só pudemos reter que é um apeto muito positivo.

COMO ESTÁ A JSD DE CASTELO DE PAIVA NESTE MOMENTO? É DIFÍCIL MOTIVAR OS JOVENS A ENTRAREM PARA UM PARTIDO POLÍTICO, SEJA ELE QUAL FOR?

Somos uma estrutura sólida, que reúne com regularidade e que de acordo com a sua agenda vai debatendo internamente os problemas de foro local e nacional.
Estamos no segundo ano do segundo mandato.

Podemos assumir que sim, que é difícil motivar os jovens para se associarem aos partidos políticos.

Atualmente assistimos ao afastamento dos jovens da política por descontentamento, por desinteresse desta área, o fato de por vezes as estruturas das juventudes partidárias não serem totalmente conhecidas também faz com que haja resistência dos jovens para se alistarem.
Por último, há sempre aqueles jovens que sabem o que é a política e as juventudes partidárias, mas preferem manter – se no anonimato e não desenvolverem ativamente política.

HÁ PREVISÃO DE ATIVIDADES QUE A JSD DE CASTELO DE PAIVA VAI REALIZAR?

A JSD todos os meses realiza atividades, ultimamente temos desenvolvido em conjunto com o PSD, visitas às freguesias e a outras entidades que requerem a nossa presença e participação em atividades que desenvolvam.

Estamos a preparar o novo ano político, o ano de 2017 foi ano de eleições autárquicas e desenvolvemos bastantes iniciativas no âmbito das eleições, estamos em fase de balanço e definição de novos projetos e em breve teremos novidades.

Acompanhamos as questões políticas locais e como juventude ativa e participativa que somos, muitas vezes, participamos e emitimos a nossa opinião pública em matéria do domínio local.

Não nos pautamos por fazer política “do contra”, ao longo dos últimos 3 anos, discutimos assuntos e propusemos ideias ao atual executivo que, infelizmente não as acolheu contudo, elas continuam na nossa agenda de trabalhos e vamos batalhar por elas. Temos novas ideias e muito em breve serão apresentadas à sociedade em geral.

LEIA MAIS:

Garrafas e lixo deixado esta madrugada na sede da Banda Marcial de Bairros

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

12 − three =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.