PSD Loures / Facebook

André Ventura, candidato PSD à Câmara de Loures (ao centro).

André Ventura, vereador da câmara de Loures, diz conseguir recolher as 2.500 assinaturas necessárias para a realização de um congresso destitutivo. O social-democrata admite uma possível investida para derrubar Rio. 

“Estou convencido de que numa semana temos as 2.500 assinaturas para realizar um congresso, se necessário“, disse o vereador da Câmara de Loures, em declarações ao jornal i, reconhecendo uma possível investida contra o líder do PSD.

No entanto, Ventura não revelou se há outros nomes dentro do PSD que apoiem esta iniciativa e diz que será em dezembro que tomará uma decisão efetiva de ir ou não contra o líder dos social-democratas – após a discussão do Orçamento de Estado para 209.

Antes disso, conta o matutino, Ventura vai encontra-se com o líder do PSD. Esta reunião foi agendada depois de Rio convidar os críticos que discordam com as linhas estruturais do partido a sair, tal como fez Santana Lopes, e deve realizar-se já na próxima semana.

Apesar de manifestar que pode “liderar um pedido de congresso destitutivo”, Ventura não parece interessado em assumir o controlo do partido no futuro: “Tenho dito que o dr. Luís Montenegro é a única solução e não pode virar as costas ao PSD nesta altura”, admitiu em declarações ao diário.

Mesmo que consiga reunir as 2.500 assinaturas, nota o Observador, as assinaturas ainda teriam de ser validadas pelo conselho de jurisdição do PSD e pelo Conselho Nacional, que, nesse sentido, aprovaria uma moção de censura ao líder. Resta agora saber se o autarca terá apoios para o fazer.

André Ventura, que apoiou Santana Lopes nas diretas, tem-se afirmando como uma das vozes mais controversas dentro do partido. Recentemente, também em declarações ao i, disse desconfiar que Rui Rio o quer fora do partido.

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

one × 4 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.