Início Economia Pagamento antecipado de 2000 milhões à zona euro antes do final do...

Pagamento antecipado de 2000 milhões à zona euro antes do final do verão

COMPARTILHAR

Rodrigo Gatinho / Portugal.gov.pt

Mário Centeno, ministro das Finanças

O Governo deverá realizar, antes do final deste verão, o primeiro pagamento antecipado de dívida aos parceiros da zona euro.

Numa primeira fase, a operação deverá ser de 2000 milhões de euros e, segundo o ministro das Finanças, pode assegurar uma poupança em juros superior a 100 milhões de euros.

Mário Centeno adianta que o processo de pagamento antecipado do empréstimo concedido pelos parceiros europeus no âmbito do programa de resgate assinado em 2011 está a avançar no contexto das instituições europeias e dos parlamentos. “Creio que antes do fim do verão que conseguimos fazer esse primeiro pagamento”, afirmou.

Portugal já procedeu ao pagamento antecipado da totalidade da dívida ao FMI, dívida que tinha as taxas de juro mais elevadas. Agora, pretende fazer o mesmo com os empréstimos provenientes da zona euro. Apesar de terem condições mais favoráveis do que os do FMI, estes empréstimos encontram-se agora com taxas mais altas do que as dos mercados.

Segundo o Público, com um pagamento antecipado, Portugal pode ficar com um calendário de amortização de dívida menos concentrado em determinados anos.

O ministro adiantou que o valor do primeiro pagamento deverá fixar-se “em torno de 2000 milhões de euros”, mas um pagamento antecipado como este tem de ser aprovado por todos os credores.

Depois, “no futuro, outros pagamentos do mesmo tipo poderão ser feitos. Isso permitirá, dadas as taxas de juro de Portugal neste momento, poupanças que serão sempre superiores a 100 milhões de euros, o que é muito significativo e crucial na gestão da dívida pública em Portugal”, disse.

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

13 + 16 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.