Logo paivense
Logo paivense

Portugal já tem 72 casos da nova variante do vírus

O Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA), já identificou 72 casos de infeção associada à nova variante do coronavírus detectada em setembro no Reino Unido. Segundo o mais recente comunicado emitido pelo instituto, esses casos estão “distribuídos pelas regiões autónomas da Madeira (onde se detectaram os primeiros casos])e dos Açores e por dez distritos de Portugal continental, num total de 28 concelhos”. O INSA não revela, no entanto, quais são esses.

Essa nova variante foi encontrada primeiramente no Reino Unido, quando disparou por lá o número de novos casos diários. Pesquisadores já puderam ver que, mesmo não sendo mais letal que a primeira, a força de contágio desta variação é muito maior. A razão disso, segundo especialistas, é por causa da proteína Spike, “potencialmente mediadoras de uma maior capacidade de transmissão”.

No entanto, tanto a Pfizer/BioNTech como a Moderna, cujas vacinas estão autorizadas pela Agência Europeia do Medicamento para a União Europeia, vieram já confirmar que seus imunizantes é eficaz contra esta nova variante.

O INSA analisou 2342 sequências do genoma do novo coronavírus, por meio de amostras obtidas em 69 laboratórios e hospitais. Por determinação das autoridades de saúde nacionais, foram inseridas mais 55 sequências para pesquisar a nova variante. Desse numero, foram identificadas 38 delas. Somando com as já identificadas anteriormente, sobe para 72 os casos de infecção pela nova variante em Portugal.