Logo paivense
Logo paivense

Restaurantes e lojas de Lisboa vão receber apoio de até 8.000 euros a fundo perdido

As empresas da capital da área do comércio e da restauração, com quebras de 25% ou mais, vão receber um apoio a fundo perdido da Câmara Municipal de Lisboa.

A Câmara Municipal de Lisboa vai atribuir um apoio a fundo perdido de até oito mil euros às empresas da área do comércio e da restauração que registem quebras de 25% ou mais na sua faturação, avança esta quarta-feira o Jornal de Negócios.

Os apoios são destinados a empresas com volume de negócios até meio milhão e vão depender da sua dimensão: segundo o diário, empresas com faturação anual até 100 mil euros podem receber um apoio de quatro mil euros; empresas com faturações entre 100 mil e 300 mil euros receberão um apoio de seis mil euros; e as que tenham um volume de negócios de 300 mil a 500 mil euros receberão, no máximo, oito mil euros.

Fernando Medina avançou que o processo será pouco burocrático e realizado através de uma plataforma informática adaptada para o efeito. O dinheiro será posto à disposição dos empresários o mais rapidamente possível, disse ainda o autarca.

As instituições que se queiram candidatar não podem ter dívidas ao Fisco nem à Segurança Social e devem anexar um documento do contabilista certificado a atestar a quebra de faturação entre janeiro e setembro, em termos homólogos. O apoio será pago em duas tranches: em dezembro deste ano e fevereiro de 2021.

No total, a Câmara de Lisboa tem reservados 20 milhões de euros para o apoio ao comércio e restauração.


Fonte: ZAP