Logo paivense
Logo paivense

Rui Pinto chega hoje a Portugal e tem 48 horas para ser ouvido em tribunal

(dr)

Rui Pinto chega esta quinta-feira a Portugal, depois do tribunal húngaro ter confirmado a sua extradição. O português, suspeito de seis crimes, tem de de ser ouvido em tribunal até este sábado.

O hacker português chegou esta quinta-feira a Portugal, proveniente de Budapeste, e terá 48 horas para ser ouvido em tribunal. Rui Pinto tem até sábado para prestar declarações a um juiz de instrução criminal. O jovem natural de Vila Nova de Gaia é um dos denunciante do caso “Football Leaks”.

A extradição de Rui Pinto para Portugal foi confirmada na semana passada, depois de as autoridades húngaras terem recusado o pedido de recurso apresentado pelo advogado do português. O português tinha de ser extraditado até dez dias depois do indeferimento do recurso, ou seja, até 24 de março.

Rui Pinto tentou evitar a extradição para Portugal, alegando que tem a “cabeça a prémio” e que recebeu várias ameaças de morte por parte de adeptos. O hacker teme ainda que a justiça portuguesa seja parcial.

As autoridades portuguesas nunca me tentaram contactar. Sabem a minha morada registada em Portugal, o meu número de telemóvel, mas nunca me enviaram uma carta. Peço à juíza que não me envie para Portugal. É uma questão de vida ou de morte“, apelou Rui Pinto.

O delator do Football Leaks estava em prisão domiciliária em Budapeste, na Hungria, desde 18 de janeiro. Segundo a Renascença, Rui Pinto deve embarcar no voo das 16h25 (15h25 de Lisboa).

Fonte: ZAP