Início Economia Hospitais públicos têm mais de 650 milhões de euros de dívidas em...

Hospitais públicos têm mais de 650 milhões de euros de dívidas em atraso

As dívidas em atraso dos hospitais pertencentes ao Serviço Nacional de Saúde têm vindo a crescer desde o início do ano. Em setembro, o valor fixava-se nos 650 milhões de euros.

Hospitais públicos acumulam 651,6 milhões de euros em dívidas com mais de 90 dias — representando 40,5% do valor devido a fornecedores. Este foi o valor registado em setembro e é o mais alto do ano. Os dados são do Portal do Serviço Nacional de Saúde e foram avançados esta sexta-feira pelo jornal Público.

O Ministério da Saúde garante que, conjuntamente com o Ministério das Finanças, “continuam fortemente empenhados em obter um valor histórico na redução dos pagamentos em atraso no SNS e têm desenvolvido uma articulação próxima no sentido de ir ao encontro das necessidades do setor, mantendo a execução do plano de liquidação de pagamentos em atraso”.

O gabinete de Marta Temido já tinha definido como prioridade a “eliminação dos pagamentos em atraso até 2020”. O Governo tem injetado capital ao longo do ano, levando a várias oscilações nas dívidas dos hospitais.

Apesar do esforço do Governo, as dívidas em atraso têm crescido continuamente. Em junho, o valor era de 480,6 milhões de euros, aumentando 171 milhões em apenas três meses.

O Centro Hospitalar Lisboa Norte, Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, o Centro Hospitalar Lisboa Ocidental, o Centro Hospitalar Lisboa Central e o Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho são os hospitais públicos com a maior dívida em atraso. O Centro Hospitalar Lisboa Norte é também o que demora mais tempo a pagar (341 dias), segundo os dados do Serviço Nacional de Saúde.

Apenas 20% dos hospitais pagam a menos de 90 dias, com o prazo médio de pagamento aos fornecedores a estar fixado nos 158 dias. Os hospitais Magalhães Lemos, Francisco Zagalo, Arcebispo João Crisóstomo e o Instituto Gama Pinto são os que demoram menos tempo a pagar, demorando menos de 30 dias.

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

ten − 9 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.