Smart City Sensor

Torniquete Virtual com Semáforo Luminoso Acesso às Praias em Tempo Real da Smart City Sensor

A época balnear vai abrir no próximo dia 6 de Junho, mas de forma condicionada devido à pandemia de covid-19. Uma das novidades para controlar o número de pessoas no areal são os semáforos à entrada das praias. E já foi revelado o primeiro semáforo de praia que foi criado por uma startup de Vila Nova de Gaia.

A startup Smart City Sensor, de Vila Nova de Gaia, divulgou aquele que pode ser o modelo de semáforo de praia que nos vamos habituar a ver neste Verão, à entrada dos areais por esse país fora.

Trata-se de um “torniquete virtual”, como o define a empresa numa nota no seu site, que vai permitir contar, em tempo real, o número de pessoas na praia, sem invadir a sua privacidade.

Este semáforo de praia recorre ao “mesmo sistema de radar bidireccional utilizado por baleias, golfinhos ou morcegos“, como explica o gerente da empresa, Pedro Bastos, em declarações ao Jornal de Notícias (JN).

Deste modo, conta as entradas e saídas da praia sem ser necessária qualquer câmara a filmar, baseando-se nos “sinais devolvidos aos sensores por cada pessoa que frequente o areal”, como explica o mesmo responsável.

Como qualquer semáforo, “acende a luz amarela quando atinge 80% da lotação” e passa a vermelho quando atinge a lotação máxima, alertando as autoridades, como a Protecção Civil, para estes dados, para ser prepararem para eventuais medidas.

“Estamos a tratar de tornar essa informação acessível no nosso site, para que as pessoas possam consultar como está a sua praia antes de saírem de casa“, frisa Pedro Bastos.

O gerente da Smart City Sensor realça que, pelo que sabe, este é “o único aparelho existente para o efeito”.

“Temos já uma dezena de autarquias interessadas no nosso projecto, de Norte a Sul. Há duas semanas que lhes enviámos a apresentação, estiveram à espera que o Governo definisse as directrizes para as praias, agora estamos em condições de instalar a tempo da próxima época balnear e temos bastantes interessados”, acrescenta Pedro Bastos.

No seu site, a empresa explica que a tecnologia “será instalada já em Junho, a fim de permitir uma abertura segura da época balnear”.

Mas “pode também ser utilizada em diversos cenários, tais como feiras, mercados e jardins”, permitindo “a contabilização em tempo real, o que permitirá organizar rapidamente os espaços monitorizados”, sustenta.

“O produto tecnológico é 100% nacional e está em fase de aquisição por diversas entidades municipais”, acrescenta a startup.

A Smart City Sensor trabalha com tecnologias para cidades inteligentes, nomeadamente com sistemas e sensores de controlo de tráfego, de “free wifi” e de ambiente.

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

12 + four =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.