Logo paivense
Logo paivense

Todas as pensões mais baixas vão ter aumento extra de dez euros

Tiago Petinga / Lusa

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho

As pensões mais baixas, até aos 658 euros, vão ter um aumento extraordinário de dez euros no próximo ano. O Governo confirmou a informação avançada pelo PCP.

A ministra do Trabalho e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, confirmou no Parlamento que as pensões mais baixas, até 658 euros), vão ter um aumento extraordinário de dez euros. Esta subida extra também se verifica para as pensões que já foram atualizadas durante a Troika.

Ana Mendes Godinho confirma, assim, a alteração ao Orçamento do Estado para 2021 anunciada anteriormente pelo PCP.

Na proposta inicial do OE2021, o Governo sugeriu uma atualização extraordinária das pensões até 1,5 vezes o Indexante dos Apoios Sociais. Desta forma, o reforço para as pensões que foram aumentadas entre 2011 e 2015 seria de apenas seis euros.

Todavia, nas negociações entre o Governo e os partidos mais à esquerda, nomeadamente com o Partido Comunista Português, a medida foi alterada.

“A atualização que prevemos para 2021 é de 10 euros para todas as pensões até 1,5 IAS e a partir de janeiro”, disse a ministra do Trabalho e Segurança Social, esta segunda-feira. Além disso, Ana Mendes Godinho avançou também que cerca de 1,9 milhões de pensionistas deverão ver as suas pensões aumentadas, por esta via, no próximo ano, escreve o ECO.

O Orçamento do Estado para 2021 é votado no próximo dia 28 na generalidade, estando a aprovação já garantida com a abstenção do PCP, PAN e das duas deputadas não inscritas, Cristina Rodrigues e Joacine Katar Moreira.


Fonte: ZAP