Logo paivense
Logo paivense

Vacina australiana contra covid-19 considerada segura após primeiro ensaio clínico

PAHO / WHO

Uma vacina contra o coronavírus desenvolvida por investigadores australianos apresentou resultados na resposta imunológica de pacientes e foi considerada segura na primeira ronda de ensaios clínicos a que foi sujeita.

Como avançou esta sexta-feira o Correio da Manhã, a vacina Covax-19, desenvolvida por pela Universidade de Flinders, em Adelaide, Austrália, é a primeira a ultrapassar a primeira ronda de testes com sucesso, após ter sido aplicada em 40 voluntários, que não apresentaram efeitos secundários significativos.

“Conseguimos confirmar que a vacina Covax-19 consegue induzir uma resposta imunológica apropriada em humanos”, explicou ao Australian o líder da equipa Nikolai Petrovsky, indicando que a vacina está muito perto de poder ser aplicada em larga escala.

Em setembro, avançará a segunda fase, com a vacina aplicada em 500 pessoas. Petrovsky informou que nessa etapa serão incluídos grupos de risco ou mais vulneráveis. A ideia é que possa ser usada muito em breve nos lares em Victoria, onde os surtos aumentaram.

“Obviamente que a nossa vacina ainda vai ser sujeita a mais testes até ao ensaio clínico final, mas não há razão nenhuma para não incluir idosos dos lares de Victoria na próxima fase de testes, dar-lhes a vacina e, assim, tentar protegê-los. Sabemos que não lhes vai fazer mal, porque é completamente segura”, explicou o investigador.

Petrovsky é fundador da Vaxine, que desenvolveu vacinas para gripe suína e para a gripe das aves. A terceira fase de testes contará com 50 mil pessoas de vários países.