Logo paivense
Logo paivense

Vitamina D pode ser uma aliada no combate ao novo coronavírus

A vitamina D tem uma função muito importante em nosso sistema imunitário e alguns estudos mostram que a deficiência da mesma podem aumentar o risco de desenvolver doenças respiratórias, inclusive o novo coronavírus (covid-19), que tem como seu sintoma mais grave complicações respiratórias.

O psicanalista, filósofo, neuropsicólogo e nutricionista clínico Fabiano de Abreu, revela que os mais recentes estudos mostram a importância da vitamina D para fortalecimento da imunidade: “Foi publicado agora durante o surto do novo coronavírus em um jornal italiano, o La Reppublica, um artigo onde os investigadores da Universidade de Turim, em Itália, chegaram à conclusão que doentes em estado grave graves infetados pelo novo coronavírus tinham alta prevalência de deficiência de vitamina D (hipovitaminose D). Já outros estudos sugerem que a suplementação pode melhorar a resposta imune e proteger contra infeções gerais, principalmente em indivíduos com níveis mais baixos de vitamina D. Uma concentração de vitamina D no sangue acima de 38 ng/dl reduz pela metade o risco de infeções agudas do trato respiratório. A vitamina D pode ser obtida através da exposição solar regular ou pela alimentação e suplementação.”

Vitamina D pode salvar vidas e aumentar a longevidade

Para além dos benefícios de aumentar a resposta imune, o Dr. Leone Gonçalves também aponta que o nutriente pode atuar no aumento da longevidade: “Um estudo publicado em 2014 mostrou que a suplementação de vitamina D diminui a mortalidade em idosos. Observou-se agora em 2020 que a vitamina D em níveis adequado reduziu a mortalidade em idosos (idosos correm maiores riscos de ter complicações com a COVID-19).”