Início Arouca Interdição da praia de Areinho confirma denúncias de poluição do Rio Paiva

Interdição da praia de Areinho confirma denúncias de poluição do Rio Paiva

COMPARTILHAR

Conforme já havia sido denunciado pelo Jornal Paivense​, o ocorrido em Arouca, com a interdição da praia do Areinho pelas autoridades, confirma que os níveis de poluição do Rio Paiva estão alarmantes, se tivermos em conta que este era considerado o ‘rio mais limpo de toda a Europa’.

Apesar do comunicado emitida pela Câmara Municipal de Arouca em resposta às denuncias feitas, a isentar-se da responsabilidade sobre as descargas de resíduos no rio, o facto da interdição mostra que as denúncias não apenas são procedentes, como também a poluição do Rio Paiva é uma ameaça real e não se trata de sensacionalismo ou click bait. A interdição feita pelas autoridades competentes mostra que não é seguro para a saúde banhar-se no Rio Paiva, em especial naquela localidade, pois a infeção por salmonella pode ocasionar diarréia e febre.

O Departamento de Monitorização de Recursos Hídricos da Agência Portuguesa do Ambiente confirmou a interdição da praia do Areinho, devido a ocorrência de Salmonella, que é conhecida como uma das principais infeções transmitidas por fezes de animais e resíduos.

Praia fluvial de Areinho, em Arouca

O jornal Paivense esteve em Areinho no dia 13 de junho e recolheu amostras da água. Também foram recolhidas amostras em Espiunca e Castro Daire, enviadas para análise.

Descargas em Castro Daire flagradas pelo Jornal Paivense
Rio Paiva em Espiunca, junto aos Passadiços do Paiva

O Departamento de Saúde Pública da ARS-Norte informou que no âmbito do Decreto -Lei n.º 135/2009, de 3 de junho, alterado pelo Decreto -Lei n.º 113/2012, de 23 de maio, cabe ao Departamento de Saúde desenvolver “ações de vigilância, entre as quais, realizar análises que complementem a avaliação da qualidade das águas balneares”.

O Rio mais limpo da Europa?

O Rio Paiva já foi considerado o mais limpo da Europa. Hoje diversas denúncias de descargas de esgoto ilegais e poluição tem chegado ao conhecimento das autoridades. Casos como o de Areinho mostram que estamos a ver uma propaganda que já não corresponde exatamente à realidade.

O infectologista Alberto Chebabo, especialista em Doenças Infeciosas e Parasitárias, refere que a presença detetável de salmonella na água do Rio Paiva prova que tem havido descargas de esgoto ilegais: “esta é uma bactéria que vive, de uma forma geral, em águas que tenham presença de material orgânico, contaminada por esgoto. Caso ingerida, a bactéria pode causar desconfortos abdominais, diarreia, náuseas e calafrios”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

one × 1 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.