Logo paivense
Logo paivense

Overstock é a primeira empresa norte-americana a pagar impostos com bitcoins

A Overstock é a primeira empresa norte-americana com presença nacional a anunciar que pagará os seus impostos no estado do Ohio através de bitcoins, opção disponível desde novembro do ano passado.

A Fortune avançou, na passada quinta-feira, que a decisão da Overstock surgiu depois de o estado do Ohio ter divulgado, em novembro de 2018, que seria possível às empresas saldar as contribuições estatais com bitcoins, através do portal OhioCrypto.com.

Segundo o tesoureiro do Ohio, Josh Mandel, muitos contribuintes usam cartões de crédito para pagar os impostos, o que os obriga a pagar também uma taxa de serviço de 2,5%, enquanto os pagamentos com bitcoins incorrerão numa taxa de apenas 1%. Para as primeiras empresas a optarem por este método de pagamento, como é o caso da Overstock, a taxa será igual a zero.

Através deste novo método, podem ser pagos 23 tipos de impostos comerciais, incluindo os relativos ao tabaco e ao combustível. Para já, a Overstock optou por pagar com esta modalidade apenas o Imposto sobre Atividades Comerciais (Commercial Activity Tax, em inglês), aplicado a empresas com uma faturação superior a 150 mil dólares.

“Há muito que acreditamos que a adoção governamental cuidadosa de tecnologias emergentes, como as criptomoedas (quando acompanhada de legislação não restritiva sobre essas tecnologias) é a melhor maneira de garantir que os EUA não percam o seu lugar na vanguarda da economia global, que está em constante avanço”, indicou o administrador executivo da Overstock, Patrick M. Byrne, em comunicado.

A empresa, que já oferecia aos clientes a possibilidade de pagar em bitcoins, implementou, em 2017, a opção de pagamento com dezenas de outras criptomoedas.

Os pagamentos de impostos através de bitcoins serão processados pela startup BitPay, localizada em Atlanta, que está responsável pela conversão para dólares e, posteriormente, fará com que os pagamentos cheguem até aos cofre de Ohio.

De acordo com Josh Mandel, apesar de um revendedor local de automóveis ter sido a primeira empresa a pagar os impostos com a moeda digital, a Overstock é a primeira com presença nacional a anunciar que seguirá esse método.

O tesoureiro indicou que, com este programa de cobrança de impostos, pretende-se promover a participação das empresas e posicionar o estado como um “líder na adoção da tecnologia blockchain“.

No futuro, espera que o mesmo seja expandido para outros tipos de impostos e para contribuintes individuais e que possa incluir outras criptomoedas.

Embora o número de empresas que pagam os impostos com bitcoins no estado do Ohio  seja, até à data, modesto, Josh Mandel acredita que o programa crescerá nos próximos anos, expandindo-se para outros estados.

TP , ZAP //

Fonte: ZAP