Logo paivense
Logo paivense

Rui Rio acusa Marques Mendes de ter interesses em Angola

PSD / Flickr

O presidente do PSD, Rui Rio

Rui Rio responde a Marques Mendes, depois de o comentador da SIC ter dito que a sua visita a Angola foi uma “bofetada” do país africano ao Governo português. O presidente do PSD acusa o ex-líder do partido de ter “interesses em Angola”.

Rui Rio recusa que a sua deslocação a Angola tenha causado algum mal-estar no Governo de António Costa, salientando o “simbolismo” de uma deslocação que diz ser uma “ajuda” nas relações entre os dois países.

Não senti nenhum mal-estar com o Governo português, de forma nenhuma”, afirmou Rio quanto questionado pelos jornalistas sobre as declarações de Marques Mendes, no final de uma reunião com a Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP), que decorreu esta segunda-feira no Porto.

“Talvez pudesse ter sentido isso se, em vez de agora, tivesse ido lá há dois ou três meses”, acrescentou Rio, frisando que “haverá algumas pessoas incomodadas que procuram atirar areia para a engrenagem” para “estragar aquilo que por Portugal foi feito”.

O presidente do PSD promete “fazer um esforço para não colaborar nisso porque é mau para o país”.

O novo líder do PSD também aproveita para enviar umas farpas a Marques Mendes, notando que é “alguém” que já não ouve “há bastante tempo” e frisando que “ele próprio tem interesses em Angola“.

Sobre as reuniões que manteve com o Presidente de Angola e com o presidente do MPLA, Rio diz que correram “excepcionalmente bem”. O líder social-democrata aponta o “simbolismo” dos encontros, evidenciando que isso é “bom para o PSD”, mas “acima de tudo, bom para Portugal”.

“Para lá de ir lá como líder partidário, também fui como dirigente político português, independentemente do partido, e foi assim também que a própria comunicação social local me viu”, considera Rio, notando que constitui uma “ajuda para que as relações entre Angola e Portugal possam melhorar”.

Fonte: ZAP