Logo paivense
Logo paivense

VEREADORES DO PSD QUESTIONAM EXECUTIVO MUNICIPAL EM PERMANÊNCIA

Nota de imprensa

VEREADORES DO PSD QUESTIONAM EXECUTIVO MUNICIPAL EM PERMANÊNCIA

Realizou-se a 31 de Agosto mais uma reunião do executivo municipal à porta fechada e mais uma vez, continuam a não ter qualquer “discussão técnica”, motivo pelo qual os Vereadores do PSD continuam a não entender a utilidade das reuniões á porta fechada!

No período antes da ordem do dia os Vereadores do PSD, questionaram, virtude da ocupação de um caminho municipal em Nojões se já tinha sido intentada a ação em tribunal por parte do Município.

Relembraram a necessidade urgente da reparação de dois muros, um situado em Catapeixe e outro em Vilar de Eirigo, cuja reparação tem sido adiada no tempo e alertaram para a necessidade premente da reparação de várias estradas municipais, nomeadamente na freguesia de Real, onde o mau estado do piso é evidente.

Sobre a COVID-19, relembraram a necessidade de serem usados todos os canais de informação ao dispor do Município para reforçar as mensagens de prevenção emanadas pela Direção-Geral de Saúde e relembraram a importância do acompanhamento de perto da evolução da pandemia no Concelho dedicando uma atenção reforçada às Instituições do Concelho que estão na linha da frente e prestam serviços à comunidade. Questionaram ainda o executivo em permanência sobre a disponibilidade e o funcionamento da área de acolhimento para doentes Covid-19 montada na sala polivalente do Agrupamento Escolas de Castelo de Paiva e sobre as diligências realizadas na preparação do arranque do próximo ano letivo.

Voltaram a reforçar a importância da criação da Casa de Emergência Social, naquela que foi uma proposta apresentada pelo PSD aprovada por unanimidade e que todos reconhecem que a sua criação é de vital importância para dar uma resposta de acolhimento urgente e temporária aqueles que necessitam de proteção.

Os Vereadores do PSD manifestaram ainda a sua preocupação com a demora da reconstrução do CACE – Centro Apoio à Criação de Empresas, que esperam que não demore 2 anos e 9 meses como se demorou a reconstruir as primeiras casas ardidas nos incêndios de Outubro de 2017 e apreensão na demora de apresentação de soluções para os empresários que possibilitem a continuidade das suas actividades no nosso Concelho.

PSD de Castelo de Paiva Castelo de Paiva, 02 de Setembro de 2020