Logo paivense
Logo paivense

Itália fez campanha para doentes terminais com covid-19 poderem despedir-se dos familiares

Itália tornou-se o país com mais mortes por Covid-19 em todo o mundo e devido ao isolamento que a população fica sujeita assim como no hospital, muitos dos que morrem e dos ente queridos não se conseguem despedir. Pode dizer-se que têm vivido momentos de autêntico terror. Têm neste momento mais de 6 mil mortes registadas pelo Covid-19 e o país ultrapassa assim a China.

Uma médica em Itália contou a história de uma senhora que pediu para ver a neta antes de falecer, a mesma conta que ligou para a neta da senhora em vídeo chamada e tiverem assim oportunidade de se despedir, sendo que logo depois a senhora morreu.

Esta história, que foi contada pela médica durante uma entrevista, deu a volta ao mundo e fez com que um grupo de militares de Milão criassem uma iniciativa em que pelo menos os idosos, que são o maior grupo de risco, possam ter a possibilidade de ver os ente queridos antes de falecer.

Desta forma, compraram cerca de 20 tablets e foram distribuir ao Hospital San Carlo e que permitem assim a realização de video chamadas. Esta iniciativa teve o nome de “o direito de dizer adeus”.